O projeto contará com a SES-SP, como instituição parceira envolvendo as equipes de dois institutos: Instituto da Saúde, pesquisadores da área de políticas públicas e o Instituto Butantan, com pesquisadores, arquivistas do Museu de Saúde Pública Emílio Ribas (MUSPER) e do Centro de Memória ambos do Instituto Butantan.

Instituto da saúde:

O Instituto de Saúde (IS) é um órgão vinculado à Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo, que tem como atribuição fundamental avaliar as políticas de saúde, subsidiando os gestores na tomada de decisão. Criado por ocasião da Reforma Administrativa da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, pelo Decreto nº 52.182, de 16 de julho de 1969, o Instituto de Saúde foi reestruturado a partir do Decreto nº 55.004, de 9 de novembro de 2009, que qualificou sua inserção na estrutura da SES-SP, vinculando-o diretamente ao Gabinete.

PESQUISADOR RESPONSÁVEL (Instituto de Saúde):

Paulo Henrique D’Ângelo SeixasPesquisador Científico

Museu de Saúde Pública Emílio Ribas:

Especializado em História da Saúde Pública, o museu está instalado num edifício construído em 1893, e reconhecido como patrimônio cultural de São Paulo. O local abrigou o antigo Desinfectório Central – um dos primeiros equipamentos de saúde pública, cuja presença física estimula a curiosidade sobre o desenvolvimento das ciências biomédicas e das políticas públicas na área da saúde.

Em 2010, o Museu foi transferido para o Instituto Butantan, integrando-se à estrutura do Centro de Desenvolvimento Cultural. Atualmente, passa por uma grande reforma nas áreas técnicas

de guarda e tratamento dos acervos, adequando-as para a melhor preservação do local. Durante o período, o local ficará fechado para visitação.
O Museu de Saúde Pública Emílio Ribas [MUSPER] foi criado em 1965, pelo Decreto Estadual n. 44.572, como espaço de preservação da memória do médico Emílio Ribas. Em 1969 um novo decreto dispôs sobre a criação do Museu, de responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde, sendo inaugurado em 1979, com a denominação de Museu de Saúde Pública Emílio Ribas. Desde então, o MUSPER acompanhou o percurso da Secretaria de Saúde em suas diversas reformulações na estrutura, sendo subordinado a diversos órgãos e repartições. Finalmente, vincula-se à estrutura institucional do Instituto Butantan nos termos do Decreto nº 55.315, de 5 de janeiro de 2010.

Instituto Butantan:

O Centro de Memória do Instituto Butantan (CM-IB), foi criado com o objetivo de integrar e ampliar as ações de captação, organização, conservação e difusão do patrimônio e da história do Instituto Butantan, sendo responsável pela gestão dos acervos museológicos e arquivísticos permanentes provenientes das áreas da diretoria, pesquisa, produção e difusão cultural da instituição.

Constituído pelas áreas de processamento técnico, laboratório de conservação, atendimento ao pesquisador, difusão do acervo e pesquisa em história da ciência, o Centro de Memória trabalha para incentivar a produção de conhecimento por meio da disponibilização do acervo para consulta pública, da realização de oficinas e eventos culturais e acadêmicos, da produção e publicação de instrumentos de pesquisa, tendo como meta ser referência em pesquisa sobre história da ciência e patrimônio cultural da Saúde Pública em São Paulo.

EQUIPE RESPONSÁVEL (Butantan):

Mario Gustavo MayerPesquisador CientíficoCurrículo Lattes
Suzana Cesar Gouveia FernandesPesquisadora CientíficoCurrículo Lattes
Audrea Santos de SantanaAnalista de DocumentaçãoCurrículo Lattes
Elisandra Gasparini SilvaAnalista de DocumentaçãoCurrículo Lattes
Maria Talib Assad Analista de DocumentaçãoCurrículo Lattes
Olga Sofia Fabergé Alves Pesquisadora CientíficaCurrículo Lattes

O projeto envolverá ainda instituições parceiras de pesquisa: a Faculdade Saúde Pública da USP (Departamento de Prática); Unifesp (Departamento de Saúde Coletiva); Unesp (Escola de Comunicação); Universidades Federal da Bahia (Departamento de Saúde Coletiva) e Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP).